Pasteurização caseira

Fazer conservas com pasteurização caseira

A pasteurização caseira consiste na eliminação de bactérias através da fervura. É uma técnica simples, não têm nada de excepcional e permite conservar os alimentos por um período longo sem a necessidade de conservantes.
Comigo funciona perfeitamente, as minhas conservas preservam-se garantidamente por mais de um ano. Eu não dispenso a conserva de polpa de tomate, guardo-a em frascos, alívio a arca congeladora e tenho fartura durante todo o ano. O mesmo acontece com a polpa de pimento, os doces de fruta e os pêssegos em calda, são muito melhores que os comprados e muito mais económicos.

Como fazer a pasteurização caseira


Antes de mais necessita de frascos de vidro com tampa metálica, poderá comprá-los ou fazer como eu, aproveito todos os frascos de conserva que compro com alimentos no supermercado, sejam de salsichas, de doces, de pickles, azeitonas, etc. O importante é que a tampa esteja em boas condições e não tenha riscos ou resíduos de ferrugem.
Depois de muito bem lavados encha os frascos com o pretendido e rolhe-os com força. Coloque os frascos num tacho com o fundo coberto por um pano e cubra-os com água.
Leve o tacho ao lume até alcançar a fervura, deixe ferver por 10 minutos e desligue o fogo. Mantenha os frascos das conservas dentro da água com o tacho tapado.
Não se preocupem eles não explodem, além disso o pano ajuda a reduzir qualquer atrito.
Depois de frias retire as conservas da água, etiquete-as se necessário e guarde-as em local escuro.

Abaixo deixo algumas sugestões que pode fazer com a pasteurização caseira


  1. Compota de frutos vermelhos
  2. Doce de abóbora 
  3. Doce de maçã
  4. Doce de tomate caseiro
  5. Pêssego em calda

Imprimir esta receita

Caldeirada de sames (ou samos) de bacalhau

Caldeirada de sames (ou samos) de bacalhau

Hoje proponho-vos uma caldeirada de de sames também chamados de samos de bacalhau, uma receita tradicional, onde entra uma parte do peixe mais usado em Portugal. O sames é designado por muitos como sendo o bucho do bacalhau, porém ele é uma parte da bexiga natatória do bacalhau, não é das partes mais usuais, mas contém características que o tornam muito especial.

Ingredientes da caldeirada

500 gr de sames de bacalhau
7 batatas
2 tomates maduros
1 pimento vermelho
1 pimento verde
2 cebolas
4 dentes de alho
1 colher de chá de colorau
1 copo de vinho branco
1 folha de louro
3 colheres de sopa qb azeite qb
Sal e salsa qb

Preparação da caldeirada de sames de bacalhau


Demolhe o sames de bacalhau em água mineral por 24 horas.
Faça uma cama de cebola às rodelas e por cima uma outra camada de batatas às rodelas .
Coloque os sames de bacalhau cortados em porções mais pequenas e tempere com alho picado.
Siga com os pimentos cortados às rodelas.
Coloque o tomate maduro cortado em cubos e finalize com a uma ultima camada de cebola.
Tempere com sal, o ramo da salsa, a folha de louro, o colorau e uma beirada de azeite.
Depois da caldeirada levantar fervura, refresque com o vinho branco.

Dicas

Nesta receita não se acrescenta água, os tomates, os pimentos e outros ingredientes vão largar humidade suficiente para cozer esta caldeirada.

Sugiro que também vejam a nossa receita da: Caldeirada de frango, que mostra que nem só de peixe este prato pode ser feito.

Imprimir esta receita
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...